o empirismo clássico de locke a hume: idéia, experiência e conhecimento

informações

filosofia no centro

11, 18, 25 de abril e 2 de maio de 2013

quintas, das 20 às 22h

curso

o empirismo clássico de locke a hume: idéia, experiência e conhecimento

Fernão Salles

R$200
descontos
20% alunos e professores
40% terceira idade

informações
11 3123 5213 / 5214
cursosma@usp.br

programa curso

Inspirado pelos avanços da ciência moderna, o Ensaio sobre o entendimento humano, de Locke, foi ponto de partida para a corrente filosófica do empirismo moderno e alimentou polêmicas e controvérsias no campo da filosofia. Partindo das noções de conhecimento e experiência em John Locke, George Berkeley e David Hume, serão discutidos desdobramentos desta corrente filosófica.

11 de abril
A filosofia do Ensaio de Locke e a “história natural do entendimento”: o exame da mente, de seus objetos, poderes e limites.

18 de abril
Sensação e reflexão como únicas origens de nossos conteúdos mentais: a concepção lockeana de idéia e o problema da abstração.

25 de abril
“Ser é perceber ou ser percebido”: a crítica às idéias abstratas e crítica à idéia de matéria.

2 de maio
Empirismo radical e ceticismo mitigado na filosofia de David Hume.

Fernão Salles é doutor em Filosofia pela FFLCH-USP. Atualmente é professor adjunto na UFSCAR. Publicou Simpatia e sociabilidade no pensamento de Hume (UFPR, 2010) e Ilustração e história (UFPR, 2011).